Voltar à página anterior Acessibilidades

Bem-vindo ao Museu Bordalo Pinheiro. Estamos situados em Lisboa, no Campo Grande, e dedicamos o nosso trabalho ao estudo, preservação e divulgação da obra de Rafael Bordalo Pinheiro, um artista da segunda metade do século XIX, conhecido pela sua produção multifacetada (desenho, ilustração, pintura, jornais, cerâmica, decoração de ambientes, entre outros). No nosso Museu é possível admirar algumas das suas melhores obras: as suas criações mais conhecidas são a personagem icónica Zé Povinho, que representa o povo português, e as cerâmicas que realizou na Fábrica das Caldas da Rainha.

Dispomos de uma exposição de longa duração, instalada no edifício principal, complementada com exposições de média e curta duração, na Galeria e na Sala da Paródia. Oferecemos ainda um conjunto de atividades pensadas para o grande público e escolas: cursos, oficinas, visitas, ciclos de conversas, apresentação de livros, celebração de efemérides ou passeios em Lisboa.

O Museu Bordalo Pinheiro tem vindo a requalificar os seus espaços no sentido de os tornar acessíveis. À exceção da Sala da Paródia, é hoje possível o acesso universal a todo o Museu. Vencida a barreira física, trabalhamos para tornar os conteúdos acessíveis a todos também, pelo que estamos apostados na criação de um conjunto de ferramentas que amplie as nossas possibilidades de trabalho de mediação. Para já, oferecemos:

Exemplo de material tátil de um desenho de Rafael Bordalo Pinheiro, datado de 1898. Trata-se de um figurino para a peça “Formigas e Formigueiros”, de Eduardo Schwalbach, exibida no teatro da rua dos Condes, em 1898.

Além destas atividades, estamos abertos e interessados em adaptar a nossa programação em função de desafios que nos sejam propostos, num trabalho de cooperação com os grupos visitantes. Agradecemos contributos que melhorem a acessibilidade deste museu, indo ao encontro das necessidades de cada um. Porque o museu é de todos, contamos com a sua visita e faremos por que se divirta com Rafael Bordalo Pinheiro.

Informações e marcações:
serviçoeducativo@museubordalopinheiro.pt